oi, …

Ok, não era para eu estar te mandando essa mensagem. Mas eu precisava te dizer que desde aquela última troca, não parei de pensar em você por segundo sequer.

Eu só queria que você tivesse a mesma iniciativa que a minha em relação a nós. Mas infelizmente não consigo fazer todos os papéis entre a gente.

Estou indo dormir com a saudade apertando muito forte. Estou usando o moletom que você me deu.

Na verdade não irei te enviar isso. Preciso poupar minha saúde mental, pois acho mais descomplicado lidar com toda essa indiferença ao lidar com rejeição.

 

Até…

ainda te amo

Ainda tenho suas cartas guardadas, os presentes que você me deu, o desenho que você fez e seus itens pessoais de colecionador que a mim foram confiados.

Ainda tenho meus pensamentos ligados a você dia após dia. As noites já não são mais as mesmas. Ainda sinto seu cheiro na roupa não lavada que usei quando te encontrei pela última vez.

Ainda lembro das suas manias bestas, da sua forma de arrumar o cabelo, da sua maneira de falar carinhosamente gesticulando com as mãos como quem tenta explicar algo complicado.

O tom da sua voz ainda ecoa por aqui, nos áudios que você me enviou, nas cartas que leio, nas últimas frases que trocamos por whatsapp…

O tempo vai ser cruel daqui pra frente. Talvez os dias continuem demorando a passar e a vida se torne um pouco menos estimulante. O vazio que você deixou, apenas você era capaz de preencher. Apenas seu abraço seria suficiente nesse instante.

Eu falei sério quando disse que queria você aqui para sempre dividindo sua caminhada comigo. Infelizmente a vida decidiu guiar-nos por caminhos diferentes, trajetos inesperados que custaram nosso nós.

Espero que tudo isso te faça bem.

Ainda tenho a sensação que posso pegar o telefone e te ver do outro lado, que vou entrar no carro para ir ao seu encontro e nossa noite será tranquila com aquele lanche daquele shopping que sempre pedíamos… e aquilo era tão sua cara.

A realidade é que ainda te amo. Ainda te enxergo em cada detalhe do dia a dia. Espero conseguir canalizar tudo isso para algum lugar que me machuque menos. Espero não levar a mesma quantidade de tempo que vivi ao seu lado, para te esquecer.

Mas a realidade é que ainda te amo. E muito.

Ainda.

sentir-se pouco

Por mais que eu tente, parece que nunca serei capaz de te preencher por completo. Me sinto um peso totalmente avulso, incapaz de ser o que você esperava. É complicado ver todos os dias a dificuldade em me oferecer um pequeno espaço.

Sinto como se eu estivesse gritando e você não me ouvisse mais. Te vejo de costas, indo embora e eu não consigo fazer nada a não ser esperar em silêncio. Deixando o tempo agir, levando comigo esse aperto e sensação de incapacidade contínua.
Minhas forças estão se esgotando, minha esperança se acabando, minha motivação está se esvaindo e todo aquele frio na barriga ao ler e ouvir suas verdades, já são lembranças distantes, cultivadas por minha memória, na esperança de reviver seu amor e enxergar em seus olhos que eu sou o bastante, suficientemente completo para caber em seu peito.
Não sei pra qual rumo seguir. Não sei em quê me apegar. Não sei quantos dias ainda as lágrimas insistirão em cair, na esperança de que tudo se conserte.

Eu só queria te ver vindo em minha direção da mesma forma que te via naquele verão que guardo com tanto carinho em minha memória.

Eu só queria me sentir suficiente.

desaparecendo

E se eu tivesse implorado para você ficar? Esquecer todos os impedimentos, deixar a noite de lado… isso mudaria algo? Hoje estaríamos diferentes?

Não adianta. Não importa quantas vezes eu peça. Você está cega demais, talvez um pouco longe demais para ouvir minha voz e entender que tudo que eu preciso é você. Ninguém mais.

Consigo ouvir seus passos, as batidas do seu coração e o barulho das suas lágrimas. Você não quer partir. E mais uma vez eu te sinto aqui, sinto sua mão tocando a minha e de repente eu te perco. Você se vai. Desaparece mais uma vez.

Não quero mais mentir para mim mesmo, me olhar no espelho e viver uma ilusão de que tudo isso é passageiro e outra vez você estaria me esperando no mesmo lugar, me alcançando com as mesmas palavras e tudo estaria como sempre. Mas você desaparece.

Você lutou tanto, superou tantas coisas, deixou tanta coisa de lado. E quando tudo se alinha, esse amor me atinge e sinto meu coração transbordar, você desaparece. Como se nunca tivesse existido.

Tão intocável, tão intangível… tão sua forma de amar.

estarei lá

De vez em quando todo mundo se perde. É normal não conseguir encontrar uma saída e ter que lidar com o fundo do poço. Não conseguir encontrar forças para sair e ter que, simplesmente, aprender a conviver com aquilo.

A questão é que você não precisa passar por isso só. Eu sempre estarei aqui, disposto a descer onde for preciso para te salvar ou apenas te fazer companhia. Afinal, não sou o homem mais forte do mundo, não consigo acertar todas as vezes e muito menos ser o mais racional em todos os momentos; mas confio que meu sentimento por ti é indestrutível. Confio que juntos somos melhores e que conseguiremos enfrentar qualquer tempestade se estivermos apegados um ao outro.

Mesmo que o tempo nos carregue para lugares distantes e a lembrança for nossa única união, saiba, meu amor, que sempre serei paciente, não irei te soltar. Serei descanso para sua alma, seu ponto de paz e sua certeza. E quando a incerteza vier e for a única coisa que você conseguir enxergar, lembre-se que é só olhar para o pulso e sentir minhas mãos ali, te segurando quando as coisas não estiverem bem. Eu estarei lá.