oi, …

Ok, não era para eu estar te mandando essa mensagem. Mas eu precisava te dizer que desde aquela última troca, não parei de pensar em você por segundo sequer.

Eu só queria que você tivesse a mesma iniciativa que a minha em relação a nós. Mas infelizmente não consigo fazer todos os papéis entre a gente.

Estou indo dormir com a saudade apertando muito forte. Estou usando o moletom que você me deu.

Na verdade não irei te enviar isso. Preciso poupar minha saúde mental, pois acho mais descomplicado lidar com toda essa indiferença ao lidar com rejeição.

 

Até…

ainda te amo

Ainda tenho suas cartas guardadas, os presentes que você me deu, o desenho que você fez e seus itens pessoais de colecionador que a mim foram confiados.

Ainda tenho meus pensamentos ligados a você dia após dia. As noites já não são mais as mesmas. Ainda sinto seu cheiro na roupa não lavada que usei quando te encontrei pela última vez.

Ainda lembro das suas manias bestas, da sua forma de arrumar o cabelo, da sua maneira de falar carinhosamente gesticulando com as mãos como quem tenta explicar algo complicado.

O tom da sua voz ainda ecoa por aqui, nos áudios que você me enviou, nas cartas que leio, nas últimas frases que trocamos por whatsapp…

O tempo vai ser cruel daqui pra frente. Talvez os dias continuem demorando a passar e a vida se torne um pouco menos estimulante. O vazio que você deixou, apenas você era capaz de preencher. Apenas seu abraço seria suficiente nesse instante.

Eu falei sério quando disse que queria você aqui para sempre dividindo sua caminhada comigo. Infelizmente a vida decidiu guiar-nos por caminhos diferentes, trajetos inesperados que custaram nosso nós.

Espero que tudo isso te faça bem.

Ainda tenho a sensação que posso pegar o telefone e te ver do outro lado, que vou entrar no carro para ir ao seu encontro e nossa noite será tranquila com aquele lanche daquele shopping que sempre pedíamos… e aquilo era tão sua cara.

A realidade é que ainda te amo. Ainda te enxergo em cada detalhe do dia a dia. Espero conseguir canalizar tudo isso para algum lugar que me machuque menos. Espero não levar a mesma quantidade de tempo que vivi ao seu lado, para te esquecer.

Mas a realidade é que ainda te amo. E muito.

Ainda.

porque amor…

Hoje você acordou tão linda. Foi incrível abrir meus olhos, sentir o calor do seu corpo, ouvir sua respiração e ver seus olhos brilhando, acompanhados de um lindo sorriso. Ali, nós dois, naquele silêncio, sem que nenhuma palavra coubesse no momento. Não havia espaço para nada. Qualquer palavra seria capaz de estragar aquilo.

Cada traço do seu rosto parece que foi desenhado à mão, esculpido na mais nobre pedra e dimensionado para que pudesse ser, exatamente, da forma que me encanta. O defeito que no lado esquerdo do seu rosto, que você insiste que existe, sabe, até ele é lindo. Você é perfeita. Seus olhos escuros, seu sorriso marcante e sua voz doce. Como me esquecer das canções que você canta quando está feliz, ou quando se arruma.

É incrível acordar ao seu lado. É incrível ouvir sua voz antes de dormir, sentir seu abraço e, ao amanhecer, você ser a primeira pessoa que vejo.

E amor… pode passar o tempo que for, eu quero que tudo seja assim. Podemos não estar juntos daqui um ano, quem sabe, mas quero que cada momento que estamos vivendo seja guardado e eternizado dentro do nosso coração.

Eu quero ser sua força. Quero dar a você esperança. E amor, não precisa me chamar. Eu estarei aqui o tempo todo. Quero ter você em meus braços, te guardar no lugar que você pertence.

Sem você ao meu lado, sem sua voz chamando meu nome, eu juro, não seria nada sem você. Porque amor… somos nós, lembra? Não apenas eu… não apenas você… sabe… nós?