carta de saudade

Não sei por onde começar. Bem, quem convive comigo sabe o quanto sou apegado à minha família. Eu nunca fiquei muito tempo sem tê-los por perto. E não consigo ficar muito tempo longe deles. Principalmente dos meus irmãos.
E há algum tempo meu coração vem ficando cada vez mais apertado. Não sei como vou reagir. Ano que vem, minha irmã não vai estar por aqui mais. Ela vai participar do OYIM (one year in mission). Dedicar um ano da vida dela ao trabalho missionário e comunitário.
É uma atitude nobre. Se não fosse pela saudade. Só de pensar que faltam apenas 8 dias para ela embarcar nessa aventura, sinto-me desesperado. É pouco tempo para aproveitar ao lado dela.
Sem a companhia dela por aqui, vai ser difícil.
Não sei muito o que dizer, estou apenas antecipando a saudade.
2017 vai ser um ano realmente diferente dos demais. Ainda não sei como vai ser, muita coisa vai mudar na minha vida e na vida de muitas pessoas que convivem comigo.
De alguns vou ter que, talvez, dizer um adeus. Para outros um até logo.
Não sei se estou pronto para enfrentar tudo isso. A saudade está grande.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s