o mesmo

Me olho no espelho e acho engraçado. Hoje tenho barba, o cabelo não é mais tão liso assim, algumas manchinhas de sol, as pintinhas que eu tinha no pescoço multiplicaram, algumas poucas espinhas, os dentes estão consertados por causa do aparelho, cresci, minhas pernas engrossaram, meus braços também, meu pé cresceu, aquela mancha no meu braço esquerdo aumentou, a pinta no meio da testa continua lá, minhas mãos estão bem maiores, meu olho continua da mesma cor clara… Já ouvi por aí que os olhos são as portas da alma.

Talvez tenha algum fundamento tudo isso. 
A verdade é que apesar de tanta mudança na minha vida, o crescimento inevitável, o amadurecimento, as lágrimas, as mágoas, as decepções… eu continuo sendo aquela criança que corria pra cama dos pais no meio da noite com medo do escuro. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s