do que eu preciso

bem que eu queria voltar um pouco e decidir o que aconteceria naquele dia.
Eu que tracei e decidi indiretamente tudo que está acontecendo hoje comigo. Tudo isso aconteceu porque eu quis.
Não adianta eu ficar me lamentando ou sempre que essas suas palavras ecoarem no meu peito, eu me sentir um lixo.
Pensando bem, o erro não foi só meu, a culpa não foi só minha.
Pensando bem…

algumas coisas aconteceram porque tiveram que acontecer mesmo
Não adianta eu ficar pra sempre preso nisso. Não adianta eu
me trancar, me fechar ainda mais, com medo do que pode acontecer
ou toda essa história um dia se repetir.
Eu sei que vou melhorar, que isso vai passar. Eu sei que consigo passar por isso. 
Mesmo morrendo por dentro ao ver que talvez você se recupere e eu ainda esteja perdido.
Mesmo vendo que você já está vivendo por aí e se arriscando novamente, meio que irracionalmente, mas intensamente.
Não consigo ser assim. Não consigo dar um tiro tão comprometedor no escuro. Prefiro ficar mais tempo em silêncio e aprender que, nem sempre, para enxergar, meus olhos bastarão. Preciso aprender a entender toda essa falta, toda essa confusão… 
Preciso de mim agora.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s