e sempre vindo à mente

Sabe aquele tal tempo que todos falavam? Passou.
Sabe tudo aquilo que as pessoas falavam que iria acabar? Acabou…
Muita coisa mudou de lá pra cá. Foram muitas estações e você ainda insiste em fingir que tudo está bem, que nada aconteceu, que suas atitudes nunca me fizeram mal.
Eu precisei de você para subir mais um degrau na minha vida. Precisei de você para me tornar quem eu sou hoje.
Já fingi demais ser quem eu não era para você não perceber o que se passava aqui dentro.

Lembra aquele dia que você me disse que eu era normal? Eu menti para você. Em cada palavra, em cada gesto. Não que eu me orgulhe disso, eu só queria me proteger.
Quero que você entenda que eu quero que você pare de se importar comigo. Não consigo olhar pra todo esse presente sem notar essa grande sombra do que passou. Ainda não aprendi a esquecer tudo isso.

Você se lembra de todas aquelas vezes que eu me calei enquanto você fazia todos rirem de mim? Você se lembra daquelas vezes que eu tentei me aproximar de você? De todas as vezes que eu abaixei a cabeça?
O tempo passou… eu cresci.. ainda não aprendi, simplesmente, fingir que nada aconteceu. Que você não fez diferença…
Parece que foi ontem quando eu me via toda semana com você na minha frente, me perguntando sobre tantas coisas e eu fazendo questão de não responder o que você queria saber…
Talvez você nunca saiba mesmo…
Ainda me lembro daquela última vez que nos falamos. Você disse que me esperaria algum tempo depois…

e eu nunca mais voltei.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s