calmaria

Nada mais do que ter o prazer de sentir a calmaria. Sentir o vento batendo no rosto e ver que o tempo não parou… ver que tudo continua e o que passou, já foi esquecido.
Nada melhor do que olhar pro tempo e vê-lo correndo, na ânsia de ensinar alguma lição que, talvez, você ainda não aprendeu.
É um ciclo sem fim, um caminho sem volta, uma estrada de apenas uma mão. Sentido único sem direito a borrachas ou corretivos. O que foi escrito ficará ali pra sempre e a eternidade se encarregará em lançá-lo ao esquecimento.
Se tudo pudesse ter um novo começo, ou uma nova narração…
O tempo vai passando, nós vamos amadurecendo…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s