Dilacerado.

No peito, bate a aquela vontade de chorar. Aquela dúvida.
É difícil, pois eu não consigo externar isso. É algo que me massacra interiormente.
Eu sinto as lágrimas do coração escorrendo, mas em meus olhos, nada. Não sei mais o que eu quero.
Bem que a resposta de tudo poderia surgir e eu pudesse compreender o ‘porque’ de tudo. Isso que eu sinto, é culpa minha, sou eu que me deixo levar por isso.
Tenho vontade de ficar só, de me isolar, de não falar com ninguém; mas ao mesmo tempo bate uma vontade incessante de falar com alguém, de poder conversar…
Fica aqui um pouco do que eu sinto. Muitos podem ler e achar futilidade, mas não estou aqui escrevendo futilidades pra satisfazer leitores. Escrevo o que eu sinto, o que eu quero e a verdade.

São as palavras que eu precisava ouvir:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s